sábado, 24 de dezembro de 2011

Prosa & Verso – O Globo (24 de dezembro de 2011): Romancista da Amazônia – Reedição valoriza obra pouco conhecida do paraense Dalcídio Jurandir, por Roberto Kahlmeyer-Mertens




(Clique sobre o link para ler o artigo no site de O Globo)


(KAHLMEYER-MERTENS. R. S. Romancista da Amazônia. In: O Globo.
Rio de Janeiro. Jornal, diário, 24/12/2011. Caderno Prosa & Verso. p. 5.)

 

29 comentários:

  1. Pois é, né? Gosto de ver talentos reconhecidos. Foi o meu melhor presente de Natal!
    Belvedere

    ResponderExcluir
  2. Ricardo Saraiva Kahlmeyer-Mertetens24 de dezembro de 2011 10:38

    Pois é, meu irmão, ontem mesmo você lastimava o fato do jornal das instituições literárias de Niterói não ter noticiado como devia a sua palestra no Cenáculo Fluminense de História e Letras.

    Dar duas linhas (20 palavras) como você me contou é de fato uma tentativa de fazer seu trabalho invisível. Não sei se por incompetência, por inveja outro tipo de maldade, também não noticiaram nada sobre o discurso que vc fez para aquele seu amigo, o Marco Lucchesi.

    Agora, olha só, seu texto publicado no maior jornal do país, seu texto em quase meia página para o Brasil todo.
    O que é que os muquiranas do Cenáculo têm a dizer sobre isso?

    Eu tenho a dizer que me orgulho de ser seu irmão, e que ainda hei de te ver longe deste meio literato mesquinho, ingrato, egoísta que só sabem olhar e afagar a medilcridade dos coleguinhas. Já está na hora destes bestas reconhecerem seu valor (a turma do Jornal O Globo já reconhece).

    Bom natal, meu irmão “único”.
    Ricardo

    ResponderExcluir
  3. Roberto,

    Li seu texto! Excelente!
    Atacou de Benedito Nunes e de Karl Presser!

    Sabe, Roberto; não entendo como trabalhando do jeito que trabalha você ainda não ganhou o Intelectual do Ano em Niterói.

    Acho que está faltando sensibilidade da parte das instituições que oferecem o prêmio.

    Acho que vc deveria mudar de ares, você não vai ficar "empurrando pano no c* de mulambo", não é?

    Um abraço de seu fan número 1

    Rocco

    ResponderExcluir
  4. Comprei o jornal e conferi de perto a bela prosa crítica de Roberto Kahlmeyer, membro da Academia Brasileira de Literatura.

    Tão jovem!... Talento que só!
    Dalcídio, onde estiver deve estar feliz contigo.

    Rosário Lima (Lábrea - AM)

    ResponderExcluir
  5. Excelente Kahlmeyer!
    Está de parabéns!

    ResponderExcluir
  6. A cidade reconhecerá os méritos de Roberto? Até agora não vi seus trabalhos serem reconhecidos, o que me deixa em verdadeeiro estado de perplexidade. Penso que Roberto deveria mesmo "mudar de ares".
    Belvedere

    ResponderExcluir
  7. Fiquei até com vontade de ler o livro!

    Esat é a marca do bom crítico, ressaltar os pontos fortes do escrito.

    Kahlmeyer-Mertens no Prosa & Verso é um ponto para Niterói.
    Parabéns ao jornal O Globo pelo nível que o Caderno de literatura tem.

    ResponderExcluir
  8. Alanir Baptista dos Santos24 de dezembro de 2011 12:13

    Peguei um exemplar do jornal Literato aqui na padaria Versalles em Itaipu. Gostei do Jornal.

    Reparo agora, depois do comentário de Ricardo, que de fato existem notas muito mal escritas na página do Cenáculo de Letras.

    Há ali uma nota de duas linhas sobre sua palestra Kahlmeyer. Muito pobre!

    Sobre oq ue versou, que conteúdos teve?

    Lamentável, cobertura.

    Enfim... sua publicação em O Globo te coloca acima desses abestados.

    Abraços do admirador,
    Alanir

    ResponderExcluir
  9. Branca Eloysa Pedreira Ferreira24 de dezembro de 2011 12:13

    Roberto, saí na mesma hora para comprar O Globo. Você é único. Universal. Como não posso ser
    sua irmã peço para ser adotada como mãe (sem querer absolutamente ocupar o lugar da verdadeira
    que é, sempre insubstituível.) Foi "o presente" de Natal. Niterói precisa de você como nós precisamos
    de oxigênio."Urgente é a Vida" é o título de mararavilhoso livro de crônicas de meu especialíssimo
    amigo Alcione Araujo. Temos urgência de pessoas como você. Grande abraço. Branca Eloysa

    ResponderExcluir
  10. Emmanuel de Macedo Soares24 de dezembro de 2011 12:19

    É isso aí, alemão. Escuta teu mano, porque ele está certíssimo. Bom Natal, e vamos ver o que 2012 nos traz de pior, porque de melhor parece difícil.

    ResponderExcluir
  11. meu caro roberto


    desejo a voce e à sua familia muita saúde, harmonia e paz


    neste natal (q linda época) e em todo o ano de 2012


    marco

    ResponderExcluir
  12. Dois comentários breves:

    O texto no "Prosa & Verso" é um Kahlmeyer;

    Como tem gente querendo furar o olho dos outros neste meio literário de Niterói.

    Karla

    ResponderExcluir
  13. Luiz Alberto Mantegna24 de dezembro de 2011 13:47

    Amigo Roberto,

    Parabéns pelo seu artigo no Prosa & Verso.

    Deve ter sido um grande presente de natal publicar mais uma vez em jornal tão expressivo no campo das letras. Presente para você e para seus para aí em Niterói.
    Tendo sido você publicado, o movimento aí cresce, não é mesmo?

    Não sabia que vc era membro da Academia Brasileira de Literatura!

    Parabéns pelo belo artigo, o escritor paraense enfocado merece esta atenção.

    Bom natal,

    ResponderExcluir
  14. Carlos Jose Rosa Moreira24 de dezembro de 2011 14:21

    Parabéns, Roberto, pelo excelente artigo sobre Dalcídio Jurandir. E pela lucidez de trazer à tona um autor desse porte, por muitos olvidado.
    Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  15. Kahlmeyer,

    se me permite, tenho uma crítica ao seu texto, lá vai:

    Ele recebeu pouco espaço! Queríamos ler mais sobre o Dalcídio Jurandir!

    Alô editores do Prosa & Verso, vamos publicar mais o Kahlmeyer e dar a ele mais espaço, a literatura agradece!!!

    Abraços,
    Sônia

    ResponderExcluir
  16. Ao Queridíssimo e imprescindível Amigo,

    Roberto Kahlmeyer

    Quero desejar-lhe um Natal intenso das bênçãos do Pai,

    rico de saúde, paz, positividades.

    Sinceramente,

    Paulo Moraes.

    ResponderExcluir
  17. Caro Kahlmeyer-Mertens,

    Li, agora à tarde o seu excelente artigo sobre o Dalcídio Jurandir em O Globo.

    Parabéns!

    É por essas e outras que o Caderno Prosa & verso é o mais viável caderno de Literatura de nosso país.

    Parabéns
    Alberisson

    ResponderExcluir
  18. Caro Kahlmeyer,

    Passarei a acompanhar o Blog depois desta sua matéria sobre Dalcídio Jurandir.

    Bom natal e parabéns pela publicação!

    Maura

    ResponderExcluir
  19. Incomparável, Kahlmeyer.

    ResponderExcluir
  20. Um belo presente de Natal para nós!
    Jornal O Globo, caderno Prosa e Verso com sua crítica literária. É isso ai! Não sei quando Niterói dará valor a quem merece. O bom é ir além. Vá!
    Bjs
    Belvedere

    ResponderExcluir
  21. Casa de Cultura Dalcídio Jurandir26 de dezembro de 2011 09:15

    Prezado Roberto.

    Meu Natal ficou completo com a resenha sobre meu pai. Estamos lutando para que sejam publicadas outras edições de sua obra. Pessoas como você nos indicam que vale a pena continuar.

    Margarida M. P.Benincasa,
    filha de Dalcídio Jurandir.

    ResponderExcluir
  22. Roberto,

    boa tarde obrigado pelo envio e parabéns pela matéria.
    Atenciosamente,

    André Nazario
    (Departamento Comercial)

    ResponderExcluir
  23. Genial como tudo que vc põe a mão para fazer, Roberto!

    Um abraço da Martha

    ResponderExcluir
  24. Lucas de Aquino Ribeiro26 de dezembro de 2011 21:59

    Roberto, o texto do Prosa é uma Joia!

    Tomara que vc escreva sempre para lá!

    Como resenhista você está sozinho!

    Abraços,
    Lucas

    (Seu aluno na UCAM)

    ResponderExcluir
  25. Kahlmeyer,

    Parabéns pela publicação de mais este artigo em O Globo!
    É meritório o seu crescimento!

    Abraços,

    Mara

    ResponderExcluir
  26. Casa de Cultura Dalcídio Jurandir26 de dezembro de 2011 22:31

    Saúde, Paz e Sucesso em 2012. Você é guerreiro.

    Abraços,
    Carmem Gomory

    ResponderExcluir
  27. Kahlmeyer,

    É brilhante seu trabalho com este blog.
    Feliz o que dele desfrutam!

    Parabéns,
    Adalberto Valles

    ResponderExcluir
  28. Magnífico trabalho o seu, Roberto Kahlmeyer.

    ResponderExcluir
  29. Olá Prof. Roberto Kalmeyer,
    havia lido no sábado sua matéria. A grande importância é trazer à luz grandes escritores que muitos de nós não conhecemos. Isso é valorizar aqueles que deram contribuições literárias, trazendo-nos informações preciosas de suas regiões e ajudando-nos a perceber importantes nomes que não aparecem nem em nossos livros didáticos. Gostei da matéria e por isso o parabenizo.
    Um abraço.
    Mauro Nunes

    ResponderExcluir