domingo, 25 de dezembro de 2011

Conto de Charles Dickens retrata a atual "imagem" do dia 25 de dezembro (artigo de R. S. Kahlmeyer-Mertens no Jornal do Brasil, 25/12/2008)


Ilustração de "Um Conto de Natal" de Charles Dickens


(Clique sobre a imagem para ampliá-la)


Faça aqui download gratuito do conto de Dickens,
um presente de natal do Blog Literatura-Vivência:



Versões:





13 comentários:

  1. Não pensei que fosse ter um Natal com presentes tão preciosos. Eu acesso diariamente o site do JB e adoro!Roberto, preciso dezer mais alguma coisa?
    Bjs
    Belvedere

    ResponderExcluir
  2. Será que eu estaria cometendo um exagero em dizer que este é o melhor blog da "blogosfera niteroiense"?

    ResponderExcluir
  3. O meu "dezer", hein? Pode acertar essa minha excelente digitação ? rs
    Belvedere

    ResponderExcluir
  4. Blogosfera niteroiense! AIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII que BuuuuuuuuuuuuuuRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo.
    Blogosfera é da WEB inteira, não dá para ser só niteroiense!

    ResponderExcluir
  5. Conheço este conto de C.Dickens há muito tempo e ele já virou até filme americano. Concordo plenamente com o artigo de Mertens e acho o Natal puro consumismo e bebedeira. Ninguém tá nem aí para o nascimento de Jesus. As famílias se reunem para um festim gastronômico e de muita bebedeira e horroroso pagode. Que pena...

    ResponderExcluir
  6. Concordo inteiramente com o Kahlmeyer.

    O natal virou, mesmo, uma festa consumista.
    Outra análise muito lúcida da situação pode ser encontrada no YouTube sob o seguinte título: "AWAY NILZER - NATAL ANTECIPADO" esta consegue ser uma crítica mais contundente do que a do Kahlmeyer.

    Bom natal a todos,
    Alexandre Marmelo

    ResponderExcluir
  7. Maria das Dores Augusta dos Santos26 de dezembro de 2011 10:42

    Olá Roberto Kahlmeyer
    É pena que o conto não entrou, mas sou fãn de Charles Dickens desde a juventude.
    Obrigada - Maria Augusta

    ResponderExcluir
  8. Prezada Maria Augusta,

    O conto do Dickens, como quase tudo que ele escreveu, é espetacular.

    Perceba que em minha postagem há dois links com os quais se pode baixar o conto em duas versões: o texto escrito e o texto lido (tipo audiobook).
    Não deu para botar no corpo do blog devido ao fato de ele ser muito longo.

    Boas festas,
    Roberto Kahlmeyer-Mertens

    ResponderExcluir
  9. Guardo com carinho o livro de Dickens que você me deu. Obrigada

    ResponderExcluir
  10. Eu queria um livro desses... onde eu compro?...

    ResponderExcluir
  11. Na livraria, né?
    Sandra Cardoso

    ResponderExcluir
  12. Christina Barcellos27 de dezembro de 2011 11:26

    Caro Kahlmeyer-Mertens,

    Cheguei ao seu blog por meio de um amigo. Gostei muito do que vi. Niterói precisava mesmo de um veículo dinâmico que noticiasse nossas coisas e nossa literatura. Parabéns.

    Penso que o Literatura-Vivência constitua um lugar de livre expressão onde se tem a liberdade de opinar, protestar, elogiar e denunciar.

    Você dá voz a uma demanda calada por décadas. Quando eu era universitária havia o Letras Fluminenses e o Pra-vá-ler, hoje, temos o seu blog.

    Admiro seu empenho com a cultura niteroiense,

    Abraços

    Christina Barcellos

    ResponderExcluir
  13. Olá Roberto,não consegui abrir o conto do autor citado.Arrume um tempo desuas férias para conversarmos.
    Abraços, Agenor

    ResponderExcluir